Curiosidades
Da Märzen à Festbier: as cervejas da Oktoberfest

Como se explica a longevidade e popularidade da Oktoberfest? Vários serão os fatores que tornam esta festa no principal cartão de visita da cidade de Munique e um dos mais reconhecidos eventos da Alemanha, mas talvez o mais importante será o laço intrincado entre tradição e inovação, laço este patente naquela que é a alma do evento, a cerveja. Fica a conhecer as cervejas que se têm vindo a beber na Oktoberfest, como evoluíram e quem as produz.

 

Na Baviera, as tradições cervejeiras são para levar a sério. Exemplo disso são a Lei da Pureza, a mais antiga lei alimentar ainda em uso, e que define os ingredientes com que a cerveja deve ser feita, as belíssimas plantações em Hallertau de lúpulo, o rei do amargor, e naturalmente a Oktoberfest, a maior festa de cerveja do mundo.

 

Brindar à cerveja bávara é, por isso, celebrar a tradição, mas também perceber que é possível ser purista e promover a inovação. A Oktoberfest é um bom exemplo de como se pode fazer diferente sem perder o rumo original. Mas se foram muitas as alterações que nos trouxeram até aqui, o evento continua com muitas semelhanças à festa inicial que apaixonou os bávaros.

 

Nos primeiros anos, foi o estilo Märzen que dominou. Produzida na Baviera em março (Marz, na língua alemã, significa março), esta Amber Lager maltada era armazenada em caves para ser bebida ao longo do verão. Para se obter uma melhor preservação, o teor de álcool por volume (ABV) era elevado: 6%.

 

Em meados da década de 1970, a cervejaria Paulaner, uma das seis que constituem o núcleo duro da Oktoberfest, desenvolveu uma versão que não deixava de ser maltada, mas de cor dourada, sendo mais leve e, para muitos palatos, mais apetecível que a tradicional Märzen. O objetivo era criar uma cerveja que pudesse ser mais consumida e apreciada durante a Oktoberfest. Na década de 1990, a inovação da Paulaner tornou-se a regra e todos os cervejeiros integraram este estilo. A partir desta década, a esta cerveja passou a chamar-se, informalmente, Festbier. Hoje, são muitas as cervejeiras que produzem Festbier em todo o mundo. Na Oktoberfest, porém, apenas as seis magníficas podem ser consumidas. Mas já lá vamos.

Märzen vs Festbier

A Festbier é menos intensa e menos tostada que a Märzen, caraterísticas que permitem que possa ser bebida com mais facilidade pelos visitantes da Oktoberfest. Mas há mais pormenores que as separam.

 

De cor alaranjada, a Märzen é uma cerveja transparente e límpida, brilhante e com a espuma em tom marfim. No nariz, a intensidade do aroma a maltes alemães é moderada.Sentem-se notas de pão, tostadas, e pouco a nenhum aroma de lúpulo. Na boca, o malte inicial sugere alguma doçura, mas o final é seco.


Festbier é uma Lager alemã, limpa, clara e de cor amarela a dourada. Tem um sabor maltado moderadamente marcado e caráter lupulado de pouca expressão. Exibe sabores elegantes de maltes alemães, sem serem demasiado pesados ou cheios. O sabor é principalmente da variedade de malte Pils, mas com toques levemente tostados. Na boca, a textura é suave e um tanto cremosa.

Um festim para seis

Apenas seis cervejeiras estão permitidas a servir os visitantes sedentos da Oktoberfest: Augustiner, Hacker-Pschorr, Hofbräu, Löwenbräu, Paulaner e Spaten. Todas foram fundadas em Munique e ainda se encontram em funcionamento. Em comum têm uma longa história e o respeito pela Lei da Pureza.

Augustiner:

Image

Fundada pelos monges da ordem agostiniana (que ainda existe) em 1328, esta é a cervejeira mais antiga de Munique com as portas abertas – desde 1817 que se encontra situada na Neuhauser Straße. A Festbier da Augustiner tem um ABV de 6% e pode ser comprada em quatro locais distintos no recinto da Oktoberfest. Uma curiosidade: a Augustiner ainda é armazenada em barris de madeira de 200 litros.

Hacker-Pschorr:

Image

Esta cervejeira, que nasceu em 1417 na Sendlinger Straße, serve a cerveja mais leve da Oktoberfest, com um ABV de 5,8%. Desde 2007 que a cerveja é vendida nas suas garrafas tradicionais, com rolhas de balanço, em seis locais distintos do recinto da Oktoberfest.

Hofbräu:

Image

Fundada em 1589 no centro de Munique, a cervejeira mudou-se, no século XIX, para a zona dos jardins de cerveja. Hoje, encontra-se na zona de Munich-Riem. A Hofbräu detém o título da cerveja com maior ABV da Oktoberfest: 6,3%. Pode ser encontrada em dois locais do recinto da festa.

Löwenbräu:

Image

O nome é do século XIX, mas a cervejaria já existia desde o século XIV. A Löwenbräu tornou-se a maior cervejaria de Munique no século XIX, mudando-se para a Nymphenburger Strasße. Com 6,1% de ABV, a Löwenbräu-Wiesntrunk pode ser bebida em três locais distintos do Oktoberfest, entre os quais a tenda da própria cervejaria, cujo leão icónico não passa despercebido a ninguém.

Paulaner:

Image

Das seis é a cervejeira mais recente, tendo sido fundada em 1634, e situando-se em Munich-Langwied. Com 6% de álcool, é uma das cervejas mais populares da Oktoberfest e pode ser encontrada em nove tendas.


Spaten:

Image

Fundada em 1397, a cervejaria mudou-se para Marsstraße no século XIX. Com um ABV de 5,9% a Spaten pode ser encontrada em sete espaços do recinto da Oktoberfest.

Informação Legal

Esta declaração de garantia de privacidade de dados aplica-se específica e exclusivamente ao serviço do Super Bock Group.

Para o Super Bock Group é importante que todos os utilizadores dos seus serviços e visitantes das suas páginas tenham garantida a confidencialidade dos seus dados.

O Super Bock Group garante que estas informações NÃO SERÃO utilizadas em nenhuma lista com fins promocionais via correio eletrónico ou telefónico, nem serão divulgadas a qualquer outra organização ou empresa. O Super Bock Group compromete-se a proteger a sua privacidade.

Sobre qualquer questão que tenha relativa a este compromisso, não hesite em contactar.

close

Image

BEM-VINDO À SUPER BOCK CASA DA CERVEJA

Declaras que tens mais de 18 anos?

SIM

NÃO

Para entrares no site, tens de ter mais de 18 anos.

Ao submeter estes dados, está a concordar com a Política de Privacidade e Política de Cookies do site Super Bock Casa da Cerveja.