Harmonizações
Cervejas ideais para... comida picante

Se a escolha do estilo de cerveja é importante para elevar um prato especial aos píncaros do hedonismo, esta harmonização ganha especial relevância quando a comida é picante. Aqui, a cerveja tem um papel duplo: fazer brilhar o prato e salvar os paladares menos habituados à sensação de ardor. Descobre três sugestões de cervejas para alguns dos pratos picantes mais apreciados pelos portugueses. 


Foram os portugueses que introduziram o picante na Europa. Não falamos da pimenta, especiaria que é originária da Índia e que já existia no continente europeu antes mesmo da viagem de Vasco da Gama à Índia, mas do picante confecionado a partir da planta Capsicum Frutescens e que assume várias denominações nos diversos países de língua oficial portuguesa: gindungo, malagueta ou piripíri.


A história conta-se num parágrafo. A planta é originária da América do Sul, mais propriamente da floresta amazónica, e os portugueses levaram-na para África, onde se desenvolveu com sucesso, e Ásia, onde ainda é muito apreciada. Hoje, o picante tem adeptos um pouco por todo o mundo, sendo um ingrediente importante de gastronomias como a mexicana e a indiana.


Quando estás a planear uma harmonização com comidas picantes deves ter em conta que a cerveja deverá casar com a intensidade do prato. Não deves sobrecarregar um prato leve com uma cerveja forte ou intensa e, por outro lado, não conseguirás saborear a tua cerveja, se esta for leve, quando o palato está sobrecarregado com picante ou acidez. 


Cervejas de corpo médio, como as pale ale, as wheat beers e as amber ale contribuem para a complexidade que harmoniza com os sabores ricos e quentes das comidas picantes. Conhece algumas das comidas picantes mais apreciadas pelos portugueses e a sua harmonização.

1. Frango piripíri

Image

Também conhecido como frango de churrasco à portuguesa, este prato é tão antigo como a introdução do picante na gastronomia nacional, na era das descobertas, e desde então, tem conquistado o paladar de gerações e gerações de portugueses. Mais recentemente, o frango piripíri ganhou fama em países anglo-saxónicos como Estados Unidos e Inglaterra, levando os sabores seculares portugueses a uma franja mais alargada de apreciadores de boa comida.


Trata-se de um prato que, como o próprio nome indica, consiste em assar um frango no churrasco e barrá-lo com o molho piripíri preparado, especialmente, com uma receita caseira. Depois, deve servir-se com batatas fritas e salada, ainda que, em algumas casas portuguesas, o arroz também tenha o seu lugar à mesa.


O frango piripíri pode ser confecionado em casa, mas trata-se de um prato facilmente encontrado nas churrasqueiras espalhadas um pouco por todas as ruas portuguesas. Por vezes, basta esperar poucos minutos para levar para casa um delicioso frango no churrasco, que podes degustar com uma IPA ou Stout.


Principais ingredientes: Frango, alho, malagueta, molho piripíri, pimentos vermelhos, sal e azeite.


As melhores cervejas | Milk Stout

Desenvolvida com maltes escuros, o que lhe dá um aspecto distinto na árvore genealógica cervejeira, a Milk Stout, como o próprio nome indica,  faz parte da família Stout que tem origem numa versão mais forte, encorpada e alcoólica da Porter. Trata-se de uma cerveja de final seco e que harmoniza bem com vários tipos de prato, entre os quais grelhados, guisados, comida de barbecue, queijos e sobremesas.  


Com um volume de álcool (ABV) que pode ir dos 3% aos 6%, a Milk Stout tem na adição de lactose, açúcar que permanece intocado no processo de fermentação, a sua característica predominante. O resultado é uma cerveja encorpada e pronta para contrastar com os sabores intensos da comida picante.

Tipo de harmonização | Contraste

O senso comum diz-nos que devemos harmonizar um prato picante, como o frango piripíri, com uma IPA ou Pilsener. E trata-se de uma excelente harmonização. No entanto, se queres ir um pouco além, sugerimos-te mesmo a Milk Stout, pois permite-te acompanhar o teu frango no churrasco com sabores torrados, algo doces e pouco lupulados.


Os extremos atraem-se. Cremosa e rica, a Milk Stout é uma cerveja arrojada para acompanhar o frango piripíri, simulando um jogo alternado entre os sabores doces da cerveja e as sensações picantes do prato. O contraste traz ao de cima o melhor de dois mundos, limpando o palato e reforçando a pertinência de cada um dos sabores.


2. Caril com camarão

Image

Prato típico da cultura indo-portuguesa, nomeadamente das regiões de Goa, Damão e Diu, mas também da culinária moçambicana, tailandesa, birmanesa e indonésia, o caril com camarão é um festim de especiarias e ervas aromáticas. Açafrão, cominhos, coentros, malagueta, mas também cebola, alho, tamarindo, vinagre, açúcar e sal são alguns dos ingredientes. Mas o principal é o camarão, que é servido com um molho espesso e de tonalidade amarela.


Em Portugal, é habitual encontrar o caril com camarão no topo dos pratos mais servidos pelos restaurantes goeses ou indianos. Não terás dificuldade em encontrá-lo no “ponto”.


Principais ingredientes: Miolo de camarão, alho, azeite, pimenta, açafrão, cominhos, gengibre, cebola, pimento e arroz.

As melhores cervejas | IPA

Nada melhor que uma cerveja criada para viajar até à Índia para acompanhar os sabores intensos de um dos maiores países do mundo. De cor dourada a âmbar, a IPA tem sabor amargo do lúpulo (floral, cítrico ou pimenta) moderado a elevado, bem equilibrado com o malte. É moderadamente encorpada e tem um teor de álcool por volume (ABV) entre 5% e 7,5%.

Tipo de harmonização | Complemento

Por ser uma cerveja de sabor forte, marcada pelo amargor conferido pelo lúpulo, a IPA é especialmente dada a harmonizações com comidas picantes. A IPA consegue trazer mais sabor aos pratos de caril, um ingrediente que costuma roubar as atenções do paladar mas cuja atuação mostra-se atenuada quando consumida com uma cerveja bem saborosa e amarga. Um complemento que traz ao de cima o melhor do sabor e aroma do prato e bebida.

3. Chili com carne

Image

Refeição típica do México e do estado norte-americano Texas, que faz fronteira com aquele país, trata-se de uma sopa espessa e bastante picante cujas origens remontam aos aztecas. A malagueta era o principal ingrediente do prato, ao qual os espanhóis acrescentaram a carne. 


O primeiro registo da utilização de carne no chili data da Guerra mexicano-americana, em meados do século XIX, Então, o chili com carne consistia em carne seca, gordura, malaguetas e sal, ingredientes que eram depois triturados juntos, moldados em forma de tijolo e deixados a secar, antes de serem fervidos em panelas e servidos aos soldados.


Mais tarde, o chili com carne tornou-se um prato apreciado pelas classes operárias, tanto no México como no Texas. Era barato e delicioso. Aos poucos, a comida espalhou-se pelos Estados Unidos – é o prato oficial do Texas desde 1977 –, pela América Latina e Europa.  


Principais ingredientes: Carne picada, feijão, malagueta ou piripíri.

As melhores cervejas | American Pale Ale

Versão americana da Pale Ale, a American Pale Ale utiliza lúpulos americanos ou do Novo Mundo que, além de manterem o equilíbrio com o malte, reforçam os sabores e aromas cítricos e florais. Se o aroma a malte for torrado ou caramelizado, a experiência de degustação ficará a ganhar. E quanto mais picante for o chili, melhores condições existem para a American Pale Ale brilhar. É uma cerveja com audácia para isso.

Tipo de harmonização | Complemento

Picante e amargor são o Romeu e a Julieta das harmonizações: podem viver separados, mas juntos formam uma dupla que ficará na tua memória durante um grande período de tempo. O lúpulo e o chili intensificam a harmonização, realçando o que de mais saboroso tem cada um. 


O corpo médio/baixo e o teor alcoólico moderado (4,5% a 6,2%) da American Pale Ale ajudam a digerir o chili, evitando a sensação de barriga cheia que um prato destes poderá causar. 


Trata-se, também, de uma harmonização cultural. As raízes californianas da American Pale Ale, vizinhas do México, acentuam a degustação da combinação. Os ingredientes locais típicos da APA dão o toque final na equação.

Informação Legal

Esta declaração de garantia de privacidade de dados aplica-se específica e exclusivamente ao serviço do Super Bock Group.

Para o Super Bock Group é importante que todos os utilizadores dos seus serviços e visitantes das suas páginas tenham garantida a confidencialidade dos seus dados.

O Super Bock Group garante que estas informações NÃO SERÃO utilizadas em nenhuma lista com fins promocionais via correio eletrónico ou telefónico, nem serão divulgadas a qualquer outra organização ou empresa. O Super Bock Group compromete-se a proteger a sua privacidade.

Sobre qualquer questão que tenha relativa a este compromisso, não hesite em contactar.

close

Image

BEM-VINDO À SUPER BOCK CASA DA CERVEJA

Declaras que tens mais de 18 anos?

SIM

NÃO

Para entrares no site, tens de ter mais de 18 anos.

Ao submeter estes dados, está a concordar com a Política de Privacidade e Política de Cookies do site Super Bock Casa da Cerveja.