Curiosidades
3 formas de fazer cerveja em casa

Se a prova de cervejas não tem segredos para ti e já deste a volta ao mundo à boleia dos melhores néctares, se calhar chegou a altura de experimentares algo novo. Recorre a uma das três possibilidades que te apresentamos e torna-te mestre cervejeiro por um dia.

A possibilidade de criar uma bebida de sabor ajustado às tuas preferências e com atenção aos pormenores que mais te agradam é um dos grandes estímulos para experimentares fazer cerveja em casa. Mas há uma questão que surge de imediato: será fácil produzir esta bebida no conforto do lar?

Por um lado, fazer cerveja nunca foi tão fácil como agora. O acesso facilitado a informação, ingredientes e a todo o tipo de equipamentos, para orçamentos variados, permite a confeção de cerveja de forma cómoda em casa. Por outro lado, o processo está ligado a diversos detalhes, entre cálculos de quantidades, temperaturas e etapas com regras específicas, pelo que qualquer distração pode deitar tudo a perder. A distância entre o sucesso e o fracasso pode ser curta.

Material recomendável

Image

O primeiro passo para começar a produzir cerveja é reunir o material necessário para facilitar o controlo de todas as condições. Os elementos mais importantes para qualquer uma das 3 formas que te apresentamos são:

Termómetro: para controlar a temperatura do mosto, quer ao longo da brassagem e ebulição, quer também para saber quando adicionar as leveduras.

Hidrómetro ou densímetro: serve para medir a densidade do mosto antes da fermentação, e da cerveja depois da fermentação. O objetivo é apurar qual a quantidade de açúcar antes e depois da fermentação, e desta forma calcular o grau de álcool que a cerveja terá.

Colher comprida: utilizada para mexer o mosto.

Sanitizante: para desinfetar devidamente os equipamentos a usar.

Balança digital: útil para as medições necessárias.

Balde de fermentação: Onde a magia da fermentação irá ocorrer, sendo absolutamente necessário que possa ser fechado hermeticamente e que tenha um orifício em cima para colocar o borbulhador. De preferência deve ter uma torneira/válvula na parte inferior de forma a facilitar o posterior enchimento de garrafas.

Borbulhador: Ao ser colocado com um pouco de água na parte de cima do fermentador, permite a libertação do CO2, evitando ao mesmo tempo a entrada de elementos externos para dentro do fermentador, que poderão contaminar a nossa querida produção.

1. Kit com receita

Image

Se vais fazer cerveja pela primeira vez e procuras um método mais acessível, recorrer a um produto que implique o menor número de passos possível pode ser a resposta. Neste caso, é possível comprar kits de cerveja pensados para estreantes nestas andanças, que incluem o mosto previamente preparado em latas.

Do que precisas?

Kit de iniciante: inclui lata de produto composto e levedura

Água

Balde fermentador

Panela

Várias opções, nomeadamente em sites como a Amazon ou o Mr. Beer, prometem conseguir replicar em casa alguns dos estilos de cerveja mais icónicos, como a IPA ou a Stout. Para confecionar a cerveja, terás de misturar os diferentes elementos numa panela e seguir as instruções que acompanham o kit, que também poderás encontrar facilmente na Internet.

Numa primeira fase, deves verter o conteúdo da lata numa panela com água, sendo que gradualmente poderás ter de adicionar açúcar e mais água, mediante as necessidades da receita ou o comportamento do líquido. Equipamentos como o termómetro e o hidrómetro vão ajudar-te a controlar todo o processo antes, durante e após a fermentação. O líquido é depois transferido para garrafas, garrafões ou barris, devendo repousar num ambiente fresco durante alguns dias. Cerca de duas semanas depois, poderás finalmente provar a tua cerveja.

2. Produção em panela

Image

O método tradicional para fazer cerveja em casa envolve um maior grau de dificuldade quando comparado com o método anterior. Neste caso já não existe uma lata com o concentrado de mosto preparado, pelo que é necessário traquejo no manuseamento do equipamento e matérias primas, bem como nas diferentes etapas da produção da cerveja.

Do que precisas?

Malte em grão ou já moído

Água

Uma panela

Lúpulo

Leveduras

Como aqui não há um produto preparado previamente, terás de ser mais interventivo nas diferentes etapas da produção. Sem a ajuda da lata, tens de trabalhar com os grãos de malte – previamente moídos ou moídos por ti, de modo a que o amido e outras componentes do malte se possam dissolver na água, formando assim o mosto cervejeiro.

Durante a brassagem, em que juntas o malte à água fazendo uma espécie de infusão, existem algumas variantes: os grãos moídos podem ser colocados diretamente na panela, o que implicará uma filtragem mais morosa; podem ficar dentro de uma pequena bolsa presa à panela; ou podem estar dentro de bolsas que ocupam o diâmetro total da panela – a chamada técnica BIAB (brew in a bag), uma das que tem assumido maior popularidade nos últimos anos. O bom uso do termómetro nesta fase é fundamental, de forma a garantires corretamente os patamares de temperatura que permitem a ativação das enzimas. São estas que irão quebrar o amido em açúcares mais pequenos e fermentáveis.

Na fase seguinte, a da ebulição, é quando adicionarás o lúpulo. É muito importante ter em atenção os timings certos para esta adição. Lembra-te que quanto mais cedo adicionares o lúpulo, mais características de amargor serão conferidos à cerveja e, quanto mais tarde, mais os aromas ficarão marcados.

Antes de adicionares a levedura e de dares início à fermentação, é imprescindível baixares a temperatura do mosto. Um equipamento extra que te ajuda a tornar este processo mais rápido é uma serpentina de arrefecimento.

Em média, este processo de produção até ao início da fermentação pode durar entre quatro e seis horas. Já a fermentação normalmente terá a duração de uma a duas semanas, e após esta etapa, a cerveja deve ser armazenada durante cerca de mais duas semanas em garrafas, ou noutro recipiente, num espaço fresco, sendo que só depois se deve refrigerar. O passo seguinte é provar.

3. Produção em máquina all-in-one

Image

Mediante um maior investimento financeiro, podes ter a vida facilitada com máquinas smart que fazem a cerveja de forma mais autónoma e com um processo muito controlado. É certo que esta opção não está ao alcance de todas as carteiras, mas é uma área que, dados os bons resultados, está cada vez mais em voga entre os amantes da cerveja.

Estes aparelhos simplificam todo o processo de produção da cerveja artesanal, em que podes contar com controlo de temperatura, fermentação e estabilidade da bebida, muitas vezes recorrendo até a aplicações compatíveis com Android e iOS para interação com o equipamento. Uma maior segurança reduz também os erros na receita, riscos de contaminação e outros problemas no processo em geral.

Há máquinas para todos os gostos, desde modelos mais simples – por exemplo, com cápsulas semelhantes às de café – até equipamentos mais complexos e com maiores possibilidades de personalização da bebida. No segundo caso, e à medida que o processo produtivo vai avançando, vais sendo alertado pelo equipamento relativamente ao que deves fazer, desde a extração da dreche até à inoculação com a levedura, passando pela adição do lúpulo.

Em suma, são vários os métodos ao alcance dos amantes de cerveja que querem aprender a produzi-la. Seja qual for o que escolheres, lembra-te de usufruir ao máximo da experiência. O importante é que o teu gosto por cerveja continue a transportar-te para novas aprendizagens e a fazer-te abrir horizontes.

Legal Information

This data privacy protection statement applies specifically and exclusively to the Super Bock Group service.

The Internet is a fabulous tool for communication. Each day we realise how important it is becoming in our life, since with just one mouse click the world is at our feet. People are closer to each other and experiences spread faster. Society is changing incredibly fast.

For all these reasons and to increase people’s confidence in this means of communication, it is important for Unicer to guarantee the confidentiality of the data of all users of its services and visitors to its website.

When we ask for your name, address, telephone number, qualifications and other details, our aim is to ensure a closer relationship with our users. When you register, we will address you by your own name, we will become closer to you and we will be able to meet your needs or requests more efficiently.

If, for any reason, Unicer feels a need to update its privacy policy, you will be the first to be informed.

Unicer guarantees that this information WILL NOT BE used in any list for promotional purposes via electronic mail or telephone, nor will it be passed on to any other organisation or company. Unicer undertakes to protect your privacy and will make every effort to guarantee the use of sufficiently effective technology for your online experience to be increasingly secure and your web relationships increasingly strong.

Please do not hesitate to contact us if you have any question about this commitment.

close

Image

UNICER IS NOW SUPER BOCK GROUP

You will enter the new website

SIM

NÃO

You are not old enough to enter this site

By submitting your data you agree