Curiosidades
Michael Jackson: embaixador mundial da cerveja

Se música e cerveja são uma dupla imbatível, é natural, e justo, que o rei da pop partilhe o nome com o maior divulgador de cerveja do século XX.


Foi, alegadamente, a voz mais influente no mundo da comida e bebida no século XX. Falamos do inglês Michael Jackson (1942-2007) que, através da escrita, das palestras e aparições na televisão promoveu incansavelmente a ideia de que a cerveja é uma bebida fascinante, diversa, complexa e merecedora de grande respeito. Ao difundir esta mensagem, tornou-se o pai espiritual do início do movimento das microcervejeiras.


Michael Jackson escrevia com paixão e poesia sobre as pessoas, a cultura e os sabores próprios das antigas tradições cervejeiras da Europa - e ajudou a salvar um sem-número delas da extinção. Mais tarde, à medida que as cervejas artesanais se desenvolviam nos Estados Unidos, a sua voz lançou milhares de cervejarias e ajudou o mundo cervejeiro a recompor-se.

Costela lituana, paladar londrino

Nascido em Wetherby, no Yorkshire (Inglaterra), Jackson descendia de judeus da Lituânia. O seu avô, Chaim Jacowitz, trocou Kaunas, naquele país báltico, para uma nova vida em Leeds, Inglaterra. O seu pai, Isaac Jakowitz, casou-se com uma mulher de Yorkshire e anglicizou o apelido da família para Jackson. O seu nome haveria de se tornar um dos mais famosos do mundo, mas não por causa da cerveja - Jackson divertia-se com isso, usando ocasionalmente, com propósitos cómicos, uma luva branca com lantejoulas. 


Aos 16 anos, o futuro jornalista e escritor abandonou a escola e foi trabalhar como repórter estagiário no jornal Huddersfield Examiner. Daí mudou-se para Londres, onde trabalhou para o Daily Herald e, mais tarde, para o World Press News, que ajudou a transformar na revista Campaign, da qual se tornaria editor. Naqueles tempos, o trabalho dos jornais girava à volta dos pubs e foi nos pubs de Londres que Jackson verdadeiramente se apaixonou pela cerveja acondicionada em barril. Em 1976, escreveu The English Pub, um hino sentido a uma cultura e estilo de vida que temia estar a desaparecer. No ano seguinte The World Guide to Beer chegou às livrarias e seria este trabalho inovador que construiria a sua reputação.

A origem dos estilos cervejeiros

No livro The World Guide to Beer, Jackson postula a ideia de que a cerveja pode ser organizada, por vezes claramente, outras vezes vagamente, em estilos, e de que é através destes estilos que o sabor da cerveja, a cultura e a história são melhor compreendidos. Através deste conceito, o autor forma toda a base do entendimento moderno da cerveja tradicional. Embora qualquer pessoa que discuta cerveja hoje em dia inevitavelmente se refira a estilos de cerveja, muitos não sabem que foi Jackson que criou esse conceito de raiz. 


O livro The World Guide to Beer deu-lhe uma genuína influência no mundo da escrita sobre bebidas. O jornalista aproveita então para escrever dezenas de artigos para jornais e revistas que descrevem as cervejas tradicionais, tanto britânicas como estrangeiras, em todas as suas nuances. Para muitos, soava a escrita sobre vinho, mas para Jackson era simplesmente boa reportagem. Jackson escreve sobre os diferentes sabores da cerveja num estilo de prosa que é direto e profundamente estudado, mas iluminado pelo humor e entusiasmo.

Image

Caçador de cerveja

Em 1989, Jackson torna-se presença regular na televisão com uma série de seis episódios: The Beer Hunter. Exibida no Channel 4, no Reino Unido, e no Discovery Channel, nos Estados Unidos, The Beer Hunter foi a primeira série televisiva a falar exclusivamente sobre cerveja, levando os telespectadores numa viagem através das grandes nações produtoras. Exibida em mais de 15 países, a série valeu a Jackson a alcunha de Caçador de Cerveja, que o acompanhou para o resto da vida. 


Em 1991, o autor lançou dois novos livros: The Great Beers of Belgium e Michael Jackson’s Beer Companion. Em conjunto, ambos captam a atenção do público para a cerveja belga, ao ponto de até hoje os cervejeiros e entusiastas da cerveja do país olharem para Jackson como uma espécie de herói nacional. No final dos anos 1990, é justo dizer que poucos cervejeiros no mundo nunca tinham ouvido falar dele e que muitos foram lançados na carreira graças à sua escrita.

O sonho americano

A série The Beer Hunter abriu as portas de Jackson ao povo norte-americano e a sua influência fez sentir nos media, empresas do setor e consumidores. Os seus livros, palestras e aparições na televisão alimentaram tanto o movimento de cerveja feita em casa como a revolução de cerveja artesanal que daí resultou. Hoje em dia, centenas de cervejeiros nomeiam Jackson e o seu trabalho como a principal inspiração para se iniciarem no mundo da cerveja. 


No Great American Beer Festival, em Denver, Jackson era regularmente seguido por correntes de fãs todos os anos e, pacientemente, ficava horas a falar, experimentar cervejas feitas em casa e a autografar livros. Centenas de pessoas apareciam nas suas provas e as suas famosas digressões incluíam histórias sobre cerveja e cervejeiros de todo o mundo.

Michael Jackson faleceu em 2007, mas o seu legado posiciona-o como uma das figuras mais influentes e amadas no mundo da comida e bebida no século XX.

Sabias que...

Michael Jackson também escreveu sobre whisky. Entre os livros que publicou sobre o tema destacam-se The Malt Whisky Companion (1989) e Whisky (2005), vencedor do prémio James Beard Foundation Book Award.

Informação Legal

Esta declaração de garantia de privacidade de dados aplica-se específica e exclusivamente ao serviço do Super Bock Group.

Para o Super Bock Group é importante que todos os utilizadores dos seus serviços e visitantes das suas páginas tenham garantida a confidencialidade dos seus dados.

O Super Bock Group garante que estas informações NÃO SERÃO utilizadas em nenhuma lista com fins promocionais via correio eletrónico ou telefónico, nem serão divulgadas a qualquer outra organização ou empresa. O Super Bock Group compromete-se a proteger a sua privacidade.

Sobre qualquer questão que tenha relativa a este compromisso, não hesite em contactar.

close

Image

BEM-VINDO À SUPER BOCK CASA DA CERVEJA

Declaras que tens mais de 18 anos?

SIM

NÃO

Para entrares no site, tens de ter mais de 18 anos.

Ao submeter estes dados, está a concordar com a Política de Privacidade e Política de Cookies do site Super Bock Casa da Cerveja.