Buenos Aires: uma cerveja para refrescar as emoções
Curiosidades
Buenos Aires: uma cerveja para refrescar as emoções

A capital da Argentina respira sensualidade. Entre tango, futebol e bons restaurantes, a cerveja sabe ocupar o seu lugar. Da tradicional Quilmes às dezenas de variedades artesanais, o importante é saber escolher. Porrón ou pinta?

Não há como evitar. Pensar na Argentina é dançar o tango, assistir a um jogo de futebol com os nervos à flor da pele e degustar carne que, por si só, vale a viagem que atravessa o Atlântico. A ligar todos esses elementos está a cerveja, que tanto acompanha um bom clássico em campo, como um chuleton na mesa. E ajuda a refrescar corpo e alma após uma noite a dançar ao som de Carlos Gardel, o homem que apresentou o tango ao mundo.

 

Há mais de 280 anos que os argentinos bebem cerveja. Em 1742, já era possível fazê-lo na tranquilidade da primeira cervejaria de Buenos Aires, situada no bairro do Retiro. A paixão do povo argentino pela cerveja mantém-se nos dias de hoje, o que é facilmente comprovável pelos números que o negócio movimenta. Segundo dados divulgados pela Câmara de Cervejeiros Artesanais Argentinos, a indústria emprega mais de 127 mil pessoas e tem capacidade para nove grandes cervejeiras, seis fábricas de produção de malte e 250 distribuidores. Existem também mais de 1500 produtores agrícolas do país a suportar o mercado cervejeiro, o que faz com que 99% da cerveja argentina seja produzida com matérias-primas locais. Números interessantes, heim? 


A viagem começa no Retiro 


Se foi no Retiro que foi dado o tiro de partida para a paixão dos buenairenses pela cerveja, é por lá que damos início a esta viagem que nos dará a conhecer a cidade através da cultura cervejeira. É lá que encontras diversos bares que reúnem uma grande variedade de cervejas e que podem ser acompanhadas com a deliciosa comida das Pampas. Vai por nós e pede este trio: nuggets de frango, batatas fritas rústicas e aros de cebola. Está mesmo a pedir uma fresquinha, não está?

 

Já agora, fica a saber que, para pedir uma cerveja na Argentina, há que dominar alguns termos. Um porrón refere-se a uma garrafa de 33 cl, ainda que nalgumas cidades do interior esta palavra esteja associada a garrafas de um litro. Já um chopp é o equivalente ao copo grande. Se a ideia é beber uma cerveja como um local, nada como uma pinta, um copo de 500 cl que se tornou medida de excelência para este tipo de bebida. Caso preferiras degustar vários tipos de cerveja, aconselhamos-te a pedir uma media pinta - só assim se aguenta até ao fim deste roteiro.

IPA Argenta, a Pale Ale argentina

Os encantos de Palermo


Do Retiro seguimos para o bairro de Palermo. Aqui, são tantos os bares que servem uma bela cerveja que o difícil é escolher. Quando o tempo convida, nada como uma cerveja na esplanada da Cerveceria 1516, onde podemos beber Cheverry, Ogham, Antares e Minga, tudo marcas de cerveja argentinas.

 

Sem sairmos de Palermo, que este bairro pede para ficar, sigamos para o Desarmadero, um bar que chama a atenção mesmo sem passarmos à entrada. É que, para entrar, a porta não se abre, mas sobe. Esta instalação super original foi ideia do artista Alfredo Segatori, que criou a fachada somente com pedaços de metais reciclados. Aqui são mais de trinta as cervejas a jorrar das torneiras e que serão degustadas com tapas e hambúrgueres suculentos. O bar está dividido em três pisos, todos com diferentes ambientes, pelo que a visita será mais demorada. 


Em busca de originalidade 


Ainda nesta onda original, há que fazer um desvio até ao Strange Brewing, um bar que de tradicional nada tem. A decoração é baseada em balcões feitos com livros e as cervejas têm nomes tão fora da caixa, como “No llores Uvita”.

 

Se ainda houver forças, nada como terminar na Casa Malta, um dos mais conhecidos bares de cerveja de Buenos Aires. No local funciona ainda uma fábrica de cerveja, pelo que os mais curiosos podem aproveitar para aprender os segredos da produção desta bebida.


GPS cervejeiro


Com o crescimento do número de produtores de cerveja, a qualidade das cervejas na Argentina tem vindo a subir. Prova disso é que, em 2019, o país ficou em segundo lugar na Copa Cervezas America, competição na qual foram escolhidas as melhores cervejas de 16 países das três Américas: Norte, Centro e Sul. 


Na verdade, a indústria chegou a um ponto tal de excelência que, hoje, a cerveja faz parte das rotas turísticas habituais. Ainda assim, se tiveres vontade de explorar Buenos Aires sozinho, fica a saber que já foi criada uma app que junta as melhores cervejarias da cidade. Com a GPS Birra descarregada no telemóvel é possível aceder a um mapa no qual surgem pontos coloridos a assinalar os melhores locais para parar e beber uma cerveja. Podes ainda ver as opiniões de outros clientes e o horário das happy hours. Pronto para beber uma media pinta?


IPA Argenta, a Pale Ale argentina


Inspirado na American IPA, este é um estilo emergente no país da Pampas. Amarga e lupulada, a IPA Argenta é produzida com lúpulos locais, sendo que os mestres-cervejeiros recorrem, muitas vezes, ao dry hopping, proporcionando-lhe um caráter adicional de erva verde. Produzida com uma porção significativa de trigo na mistura, a IPA Argenta tem fortes notas cítricas e uma cor que varia do dourado médio ao cobre avermelhado. A espuma é branca e robusta e o teor alcoólico situa-se entre os 4,8% e os 6%. 

Pontos a visitar:


Cerveceria 1516 

José A. Cabrera 5225

(autocarro 140, 151, 168)

http://1516cerveceria.com/


Desarmadero

Gorriti 4295 e 4300

(autocarro 168)

https://desarmaderobar.negocio.site/


Strange Brewing

Delgado, 658, Buenos Aires

(Metro: Olleros | Comboio: Colegiales)

www.facebook.com/StrangeBrewing/


Casa Malta

Guatemala 4570

(Metro Scalabrini Ortiz)

www.facebook.com/CasaMaltaCerveceria/

RECOMENDADOS

Informação Legal

Esta declaração de garantia de privacidade de dados aplica-se específica e exclusivamente ao serviço do Super Bock Group.

Para o Super Bock Group é importante que todos os utilizadores dos seus serviços e visitantes das suas páginas tenham garantida a confidencialidade dos seus dados.

O Super Bock Group garante que estas informações NÃO SERÃO utilizadas em nenhuma lista com fins promocionais via correio eletrónico ou telefónico, nem serão divulgadas a qualquer outra organização ou empresa. O Super Bock Group compromete-se a proteger a sua privacidade.

Sobre qualquer questão que tenha relativa a este compromisso, não hesite em contactar.

close

Buenos Aires: uma cerveja para refrescar as emoções

BEM-VINDO À SUPER BOCK CASA DA CERVEJA

Declaras que tens mais de 18 anos?

SIM

NÃO

Para entrares no site, tens de ter mais de 18 anos.

Ao submeter estes dados, está a concordar com a Política de Privacidade e Política de Cookies do site Super Bock Casa da Cerveja.

Digital Product by BondHabits